Logo

ECONOMIA

Inadimplência - Em ritmo de desaceleração, o número de consumidores com nome sujo continua crescendo.

Consumo das famílias - A intenção de gastos das famílias brasileiras é crescente e deverá permanecer em ascensão até o fim do ano, de acordo com o índice Intenção de Consumo das Famílias (ICF) de setembro, divulgado ontem pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Indústria - A prévia da Sondagem da Indústria de setembro de 2019 sinaliza recuo de 0,2 ponto do Índice de Confiança da Indústria (ICI) em relação ao número final de agosto, para 95,4 pontos.

Desempenho do comércio - A atividade do comércio cresceu 1,5% no mês de agosto. Porém, representou o pior desempenho nos últimos quatro meses. Em maio, o crescimento tinha sido de 4,0%. Os dados fazem parte do Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian.

Índice de perdas nos supermercados - O resultado da recente pesquisa sobre o índice de perdas no setor supermercadista brasileiro ligou o alerta para muitas operações no país. Com um total de quase R$ 7 bilhões em 2018, cerca de 2% do faturamento bruto, os furtos externos (20%) e internos (7%) quando somados ficam atrás somente das quebras operacionais (40%).

IPC-Fipe - A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) reduziu mais uma vez a projeção para setembro do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, em função de um resultado mais favorável de preços de alimentos, diz o coordenador Guilherme Moreira.

Taxa Selic - O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu, por unanimidade, reduzir a Selic (a taxa básica de juros da economia) de 6,00% para 5,50% ao ano. Este é o segundo corte da taxa no atual ciclo, após um período de 16 meses de estabilidade. Com isso, a Selic está agora em um novo piso da série histórica do Copom, iniciada em junho de 1996.

IGP-M - O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) caiu 0,28% no segundo decêndio de setembro. No segundo decêndio de agosto, a taxa havia sido -0,68%.

Monitor do PIB - O Monitor do PIB-FGV aponta, nas séries dessazonalizadas, queda 0,2% do PIB da atividade econômica em julho, em comparação a junho. Na variação trimestral móvel (mai-jun-jul) comparado ao trimestre (fev-mar-abr) a atividade econômica apresentou crescimento de 0,5%.

Balança - A balança comercial brasileira registrou, na segunda semana de setembro de 2019, déficit de US$ 552 milhões e corrente de comércio de US$ 10,196 bilhões, resultado de exportações no valor de US$ 4,822 bilhões e importações de US$ 5,374 bilhões.

IPC-S - O IPC-S de 15 de setembro de 2019 registrou variação de 0,05%, ficando 0,10 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa divulgada na última apuração. Todas as sete capitais pesquisadas registraram decréscimo em suas taxas de variação.

Preço sem impostos - A Comissão de Transparência, Fiscalização e Controle (CTFC) pode votar na terça-feira (17) o projeto do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) que obriga os fornecedores de produtos a informarem qual o preço do que vendem sem os impostos (PL 990/2019).

Balança - A desaceleração do crescimento do comércio mundial e o baixo nível de atividade da economia brasileira contribuíram para uma queda em 15% na corrente de comércio - exportações mais importações - em agosto de 2019 ante agosto de 2018. Os dados são do Indicador do Comércio Exterior (Icomex), divulgado nesta segunda-feira, 16, pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Projeção - O mercado financeiro espera que a taxa básica de juros, a Selic, seja reduzida em 0,5 ponto percentual, dos atuais 6% ao ano para 5,5% ao ano, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), marcada para esta terça e quarta-feira (18), em Brasília. A expectativa consta da pesquisa semanal do BC a instituições financeiras no Boletim Focus.

Segunda, 16 Setembro 2019 14:54

IGP-10 varia -0,29% em setembro

IGP-10 - O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) caiu 0,29% em setembro. No mês anterior, a taxa havia sido de -0,47%. Com este resultado, o índice acumula alta de 3,62% no ano e de 3,65% em 12 meses. Em setembro de 2018, o índice havia registrado elevação de 1,20% no mês e de 9,66% em 12 meses.

IPC-S - O IPC-S de 15 de setembro de 2019 variou 0,05%, ficando 0,10 ponto percentual (p.p) abaixo da taxa registrada na última divulgação.

Endividamento - A parcela de famílias endividadas e inadimplentes (com dívidas em atraso) aumentou em agosto deste ano, segundo dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic). O estudo foi divulgado hoje (13) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

IBC-Br - A atividade econômica do Brasil recuou em julho sobre junho, no pior resultado para o mês em três anos, depois de dois meses seguidos de alta, mostraram dados do Banco Central nesta sexta-feira, em mais uma evidência do caráter ainda errático da recuperação econômica deste ano.

Varejo - As vendas no varejo aumentaram 1% em julho, na comparação com junho, e tiveram o terceiro mês positivo seguido, de acordo com a Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada hoje pelo IBGE. É o melhor resultado para julho desde 2013, quando o avanço foi de 2,7%. Os índices de maio e junho foram revisados para 0,1% e 0,5%, respectivamente.

Setor de serviços - Mesmo com crescimento de 0,8% entre junho e julho de 2019, o maior desde dezembro de 2018, o setor de serviços ainda está 11,8% abaixo do recorde alcançado em maio de 2014 e 1,2% menor que em dezembro do ano passado. É o que mostra a Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada hoje pelo IBGE.

"plano de saúde"