Logo

Call me on Skype Subscribe on YouTube
Sexta, 04 Março 2016 09:27

O Índice FAO dos preços dos alimentos ficou estável, em fevereiro

Índice FAO Alimentos – O Índice FAO de Alimentos fechou fevereiro em 150,2 pontos, praticamente, inalterado em relação aos 150 pontos revisados de janeiro. É 14,5% inferior em relação ao índice de um ano antes. A FAO também divulgou as projeções para a colheita mundial de 2016, estimando a produção total de trigo em 723 milhões de toneladas, aproximadamente 10 milhões de toneladas a menos que o nível recorde do ano antecedente.

O Índice FAO dos preços dos alimentos mede a variação mensal das cotações internacionais de uma cesta de gêneros alimentícios. Ele é estabelecido com base na média dos índices de preços de cinco categorias de produtos, ponderados em função da média exportada de cada uma: cereais, óleos vegetais, lácteos, carnes e açúcar. Ao contrário da tendência geral de estabilidade de fevereiro, o índice dos preços dos óleos vegetais, registraram uma forte alta, na ordem de 8% em relação a janeiro. A elevação foi resultado do aumento de 13% nos preços do óleo de palma, em decorrência do duplo efeito: baixa nos estoques e perspectivas de produção medíocre no curto prazo. Os preços do óleo de soja também se fortaleceram. Mas os outros alimentos anularam essas altas. O índice dos preços do açúcar caiu 6,2% em decorrência do duplo efeito: abundância de estoques e melhores condições das culturas no Brasil, principal país produtor e exportador de açúcar.Mais informações

Receba Notícias no Whatsapp

"plano de saúde"