Logo

Quinta, 16 Janeiro 2020 10:45

Nestlé investe US$ 2,08 bilhões em projeto de embalagem sustentável

Escrito por 

Sustentabilidade – A Nestlé anunciou investimentos de US$ 2,08 bilhões para liderar um projeto de mudança de plásticos comuns para plásticos recicláveis e acelerar o desenvolvimento de soluções inovadoras de embalagens sustentáveis.

Com base no compromisso de 2018 de tornar 100% de suas embalagens recicláveis ou reutilizáveis até 2025, a Nestlé irá reduzir o uso de plásticos comuns em um terço, ao mesmo tempo em que irá trabalhar em parcerias para avançar na economia circular.

 

De acordo com a Nestlé, a maioria dos plásticos são difíceis de reciclar para embalagens de alimentos, tendo pouca oferta de plásticos reciclados para alimentos. Para criar um mercado, a companhia está se comprometendo a produzir 2 milhões de toneladas de plásticos recicláveis para alimentos, e irá disponibilizar US$ 1,56 bilhão para desenvolver esse tipo de material até 2025.

 

Além de pesquisas próprias através do Instituto Nestlé de Ciências da Embalagem, a companhia irá investir US$ 259,5 milhões em empresas start-up que tenham foco em áreas como inovação em embalagens, sistemas de recarga e soluções de reciclagem.

 

“Nenhum plástico deve terminar em aterros ou como lixo”, disse Mark Schneider, CEO da Nestlé. “Tornar os plásticos recicláveis seguros para alimentos é um enorme desafio para nossa indústria. É por isso que, além de minimizar o uso de plásticos e coletar os descartes, queremos fechar o círculo e tornar os plásticos infinitamente recicláveis. Estamos tomando medidas ousadas para criar um amplo mercado de plásticos recicláveis e impulsionar a inovação das embalagens industriais. Serão bem-vindas outras pessoas que estejam dispostos a nos acompanhar nessa jornada”.

 

Andrew Morlet, CEO da Fundação Ellen MacArthur acrescentou: “É com satisfação que vemos a Nestlé investir 2 bilhões de francos suíços para criar uma economia circular para os plásticos, e também reduzir em um terço a utilização de plásticos comuns em suas embalagens até 2025. Com a eliminação do uso de plásticos dos quais não precisamos, inovação em áreas como modelos de reutilização e novos materiais, e circulação dos plásticos essenciais – também em desafios sobre plásticos para alimentos – estaremos criando uma economia onde o plástico não será mais lixo. O resultado dos compromissos anunciados hoje será uma contribuição significativa para atingir nossa meta”.  

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5815
  • Fonte da Notícia: FoodBev – Tradução livre: Terra Viva
  • Data: Quinta, 16 Janeiro 2020
Lido 71 vezes