Logo

Segunda, 16 Dezembro 2019 10:54

Com acordo “fase 1” entre China e EUA, preços da soja, trigo e milho disparam

Escrito por 

Acordo comercial - O recente anúncio do fechamento de um acordo, considerado “fase 1” entre China e Estados Unidos gerou fortes elevações em todos os contratos de commodities agrícolas negociadas nesta segunda-feira, 16, na Bolsa de Chicago.

 

Os Estados Unidos e a China devem assinar a fase um do acordo comercial na primeira semana de janeiro, em Washington, afirmou o representante de comércio norte-americano, Robert Lighthizer, no último domingo, 15;

“O acordo será assinado por ministros e não pelos presidentes Donald Trump e Xi Jinping”, disse.

Lighthizer ainda afirmou que não haverá a imposição de tarifas enquanto os dois países estiverem esperando o acordo, que não tem um prazo inicial de vigência.

 

“As negociações da segunda fase devem começar em breve e, embora não tenha data definida, devem começar antes das eleições de novembro de 2020”, afirma.

O representante dos Estados Unidos também confirmou algumas informações indicando que as compras de produtos norte-americanos pela China devem somar US$ 200 bilhões. Deste total, US$ 40 bilhões serão de produtos agrícolas.

 

Preços disparam

Os contratos da soja em grão registram preços significativamente mais altos nas negociações desta segunda-feira, 16, na Bolsa de Chicago (CBOT). A oleaginosa avança cerca de 1% e atinge o melhor patamar em um mês, reflexo da “fase um” do acordo fechado entre Estados Unidos e China, que deve representar um aumento na demanda chinesa pelos produtos agrícolas norte-americanos.

 

Os contratos com vencimento em janeiro de 2020 operam cotados a US$ 9,16 por bushel, alta de 8,50 centavos, ou 0,93%, em relação ao fechamento anterior.

Os contratos do milho têm preços bem mais altos na sessão desta segunda-feira,16, na Bolsa de Chicago (CBOT). O mercado chegou a atingir o melhor patamar desde 4 de novembro, reflexo no fechamento da “fase um” do acordo entre os Estados Unidos e a China, que deve elevar a demanda pelos produtos agrícolas norte-americanos.

Os contratos com vencimento em março de 2020 operam cotados a US$ 3,87 por bushel, alta de 6,25 centavos, ou 1,64%, em relação ao fechamento anterior.

 

Os contratos do trigo operam com preços mais altos nas negociações desta segunda-feira, 16, na Bolsa de Chicago (CBOT). Mais cedo, o cereal chegou a bater no melhor nível desde 3 de dezembro, em meio ao fechamento da “fase um” do acordo entre os Estados Unidos e China, que deve representar um aumento na demanda pelos produtos agrícolas norte-americanos.

A posição março de 2020 registra avanço de 7,75 centavos, ou de 1,42%, a US$ 5,40 por bushel.

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5802
  • Fonte da Notícia: Canal Rural
  • Data: Segunda, 16 Dezembro 2019
Lido 62 vezes