Logo

Terça, 10 Setembro 2019 13:55

Uruguai exportará 4.000 toneladas de leite em pó para a China

Escrito por 

Exportações/UR – A Conaprole exportará 4.000 toneladas de leite em pó integral para uma das empresas mais importantes do mercado mundial. O presidente da Conaprole destacou que a cooperativa láctea exporta mais de 70% do leite que recebe, e em relação ao acordo com a China disse que “é mais uma oportunidade para o setor da situação complexa em que se encontra”.

O chanceler Rodolfo Nin Novoa destacou que o acordo “é uma somatória de esforços compartilhados entre o público e o privado”, disse o chanceler Rodolfo Nin Novoa.

O ministro destacou que a China é o principal sócio comercial do país e lembrou que em outubro de 2018 foi estabelecido um acordo de Associação Estratégica assinado pelos presidentes Tabaré Vázquez do Uruguai e Xi Jinping da China.

“Às vezes nos pedem para ver a possibilidade de assinar um tratado de livre comércio com a China e, na verdades, os capítulos de um tratado que envolve muitos temas, o Uruguai já os tem firmados em acordos bilaterais”, disse Nin Novoa.

“Nestes últimos anos o Uruguai e o Mercosul estão tendo uma abertura muito importante que beneficia a produção nacional em seu conjunto. Quando um deixa de pagar 100 milhões de dólares por reduzir tarifas (em relação ao acordo com a União Europeia), irá repercutir em toda a cadeia produtiva e, afetará as condições de trabalho dos uruguaios”, acrescentou.

O presidente da Conaprole, Álvaro Ambrois, destacou que o negócio com a Yili, a principal indústria de laticínios da China, foi fechado com a visita ao país dos representantes da empresa, ocasião em que assinaram o acordo comercial depois de anos de negociações. As remessas começarão com leite em pó, mas, as negociações continuarão para a inclusão de outros lácteos, disse Ambrois.

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5734
  • Fonte da Notícia: TodoElCampo – Tradução livre: Terra Viva
  • Data: Terça, 10 Setembro 2019
Lido 80 vezes
"plano de saúde"