Logo

GLOBALIZAÇÃO E MERCOSUL

Economia mundial - O diretor executivo da BlackRock, Amer Bisat, afirmou nesta quarta-feira que a economia mundial pode contrair 11% no primeiro semestre de 2020 e perder 6 trilhões de dólares em termos de produção econômica devido à pandemia do coronavírus.

Seguro desemprego - O número de norte-americanos que apresentaram pedidos de auxílio-desemprego na semana passada atingiu um recorde pela segunda semana consecutiva, superando 6 milhões, à medida que mais jurisdições impõem medidas de isolamento em casa para conter a pandemia de coronavírus, que os economistas dizem ter empurrado economia para uma recessão.

Fornecedores/NZ – A subsidiária da Fonterra de serviços rurais, Farm Source disse que os agricultores estão se adaptando bem ao novo modelo de comércio com as restrições do Covid-19.

USMCA – Um grupo bipartidário de 19 senadores dos EUA exortou o governo Trump a adiar a data prevista para o início do Tratado de Livre Comércio entre EUA, México e Canadá (USMA).

Covid-19 -  Milhões de pessoas em todo o mundo dependem do comércio internacional para sua segurança alimentar e meios de subsistência.

Chile - O Banco Central do Chile reduziu nesta quarta-feira suas estimativas para o crescimento econômico de 2020 para o intervalo entre -1,5% e -2,5%, ante 0,5% a 1,5% previsto em dezembro, citando a pandemia de coronavírus.

Cadeia de alimentos - Não é só o peixe que morre pela boca.

Estoques - O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) atualizou seus estoques trimestrais nesta terça-feira, 31 de março, com números bem abaixo da média esperada pelo mercado no caso do milho, ao passo em que os números da soja vieram acima da expectativa média. 

Zona do euro - A inflação na zona do euro desacelerou de forma significativa neste mês com a queda nos preços do petróleo, sinalizando o início de possível espiral de baixa da inflação, uma vez que as medidas em resposta ao coronavírus provocam dramático enfraquecimento da atividade econômica.

Fábricas abaladas/China - Desde a semana passada, e-mails de clientes estrangeiros inundam a caixa de entrada da gerente de exportação Grace Gao com pedidos para adiar encomendas, segurar mercadorias prontas para serem enviadas até novo aviso ou para atrasar pagamentos por até dois meses.

PIB - Cada mês que as principais economias passam em confinamento diminuirão em 2 pontos percentuais o crescimento anual, afirmou nesta sexta-feira a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

EUA - Os gastos do consumidor nos Estados Unidos aumentaram moderadamente em fevereiro e o ritmo deve diminuir rapidamente nos próximos meses, com a pandemia de coronavírus interrompendo a rotina dos norte-americanos.

G20 - Os líderes das maiores economias mundiais, que formam o G20, dizem estar injetando US$ 5 trilhões na economia global, como parte de medidas fiscais, além de esquemas de garantias para neutralizar os impactos social, econômico e financeiro da pandemia de covid-19.

Produção de grãos - O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) projetou nesta quinta-feira que a produção global de grãos na temporada 2020/21 deve crescer para um recorde de 2,22 bilhões de toneladas, alta de 2% na comparação com a safra anterior.

Bens duráveis - Os novos pedidos de bens duráveis nos Estados Unidos subiram inesperadamente em fevereiro, mas provavelmente vão cair com medidas rigorosas para conter a pandemia de coronavírus minando a demanda e empurrando a economia à recessão.

Mercado de commodities - Com maior controle do quadro de evolução do Coronavírus (COVID-19) na China, um retorno das atividades do país já está sendo observado, com perspectivas de normalidade para o fluxo de comércio no médio prazo, após as sucessivas medidas públicas tomadas para a contenção do trânsito populacional e de mercadorias.

Colheita de soja - A Argentina vem tendo um de seus piores inícios de colheita da soja dos últimos anos, sentindo a combinação da pressão de uma quebra na safra em função de adversidades climáticas, aumento das retenciones sobre a soja e agora os efeitos da pandemia do coronavírus.

Tráfego de alimentos - Ministros da Agricultura de diversos países da América do Sul participaram ontem (23), a convite da ministra Tereza Cristina, de uma videoconferência para debater a harmonização de normas e garantir a fluidez do trânsito de mercadorias e o abastecimento de alimentos na região durante a pandemia do Coronavírus.

Impactos do COVID-19 - A pandemia do coronavírus vai jogar o mundo inteiro em uma recessão este ano e alterar de maneira permanente a forma com que países e empresas fazem negócios, dizem economistas.

PIB/EUA - O banco Goldman Sachs prevê uma queda de até 24% no PIB americano, no segundo trimestre de 2020, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Caso a previsão se comprove, significaria uma retração recorde para os EUA.