Logo

Sexta, 13 Dezembro 2019 11:56

A inflação dos lácteos supera em 25 pontos à média geral dos alimentos

Escrito por 

Leite/AR – O ajuste do preço do leite ao produtor de leite – recomposição dos custos de produção nos últimos meses – ainda não chegou às prateleiras dos supermercados.

No último ano, segundo dados publicados pelo Indec – Instituto Nacional de Estatísticas e Censos -, a “cesta básica de produtos lácteos” apresentou inflação interanual de 80%, contra 54,9% da média dos alimentos e bebidas não alcoólicas no varejo da Cidade de Buenos Aires.

O segmento lácteo, as maiores variações interanuais foram do queijo sardo (+88,5%), manteiga (+86,9%), queijo pategras (+83,9%), leite em pó integral (+76,8%), queijo cremoso (+70%) e doce de leite (+69,1%).

O iogurte (+55,4%) e o leite fresco (+59,9%) tiveram as menores variações graças à isenção fiscal temporária que foi estabelecida até 31 de dezembro.

 

 

 

Por outro lado, no último ano a “cesta básica de carne” teve inflação interanual de 55,2%, um percentual no mesmo nível da inflação geral dos alimentos.

Os ovos – com a alíquota zero de IVA até o final deste mês – registrou um reajuste interanual de 39,8%, o frango inteiro alta de 61,2% no mesmo período.

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5801
  • Fonte da Notícia: valorsoja – Tradução livre: Terra Viva
  • Data: Sexta, 13 Dezembro 2019
Lido 108 vezes