Logo

Quinta, 12 Dezembro 2019 14:29

NZ – Parlamento aprova mediação de dívida agrícola

Escrito por 

Dívidas/NZ –  O projeto de Mediação da Dívida Agrícola foi aprovado pelo Parlamento na noite de terça-feira, o que irá facilitar a mediação entre credores bancários e seus mutuários, em um esforço para resolver problemas antes dos bancos executarem as dívidas.

O porta-voz do Ministério da Indústria (MPI) da Nova Zelândia, Mark Patterson, disse que a Lei de Mediação da Dívida Agrícola está sendo debatida faz 20 anos. Nesse período o total da dívida agrícola que era de NZ$ 11,7 bilhões saltou para mais de NZ$ 63 bilhões.

 

“O New Zealand First, [partido político NZ First, nacionalista, que faz parte da base parlamentar do atual governo trabalhista], sempre entendeu que uma fazenda não é apenas um negócio. Muitas vezes é uma casa de família e o orgulho de gerações de fazendeiros. Esse projeto irá assegurar opções para todos os tipos de propriedades, e procurar reverter medidas equivocadas de produção e resolver problemas da dívida antes de serem tomadas medidas mais drásticas”, diz Patterson.

 

“Nossos agricultores são vulneráveis de maneira particular às volatilidades dos mercados de commodities, de incursões de biossegurança e eventos climáticos, e muitos pediram empréstimo para superar tais vulnerabilidades. As consequências dessas pressões sobre a comunidade rural é clara. Recentemente uma pesquisa da Federação dos Agricultores constatou que a pressão dos bancos sobre seus devedores rurais aumentou de 11% para 16% entre novembro de 2018 e maio de 2019”.

 

“A etapa de mediação prevista neste projeto exigirá que os bancos trabalhem com os agricultores para encontrar solução. Isso irá ajudar a evitar o pior cenário que é não passar suas fazendas para gerações futuras, ou, para aqueles com negócios inviáveis, saírem com dignidade”, acrescentou Patterson.

 

No recente Relatório de Estabilidade Financeira o Banco Central disse que o setor de laticínios tem opções limitadas para negociar seu “excesso” de dívida, mesmo com as baixas taxas de juros que estão ajudando muitos agricultores a liquidarem seus débitos. No final de setembro a dívida agrícola totalizava NZ$ 63,7 bilhões, 14% do total dos empréstimos do sistema financeiro, dos quais, pouco menos de dois terços eram detidas pelo setor de laticínios.

A nova legislação entrará em vigor em junho de 2020, e o MPI será responsável por construir sua estrutura.

 

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5800
  • Fonte da Notícia: interest.co.nz - Tradução livre: Terra Viva
  • Data: Quinta, 12 Dezembro 2019
Lido 73 vezes