2201piracanjubag

Quarta, 06 Fevereiro 2019 16:11

Cotações das commodities lácteas no mercado holandês – fevereiro de 2018

Escrito por 

Mercado LTO – Em toda a União Europeia (UE) houve estagnação na oferta de leite desde agosto como resultado da severa seca do verão. Em novembro o volume caiu cerca de 1%, e nos dois meses anteriores já fora registrada ligeira queda.

Particularmente o declínio foi registrado na Alemanha, França e Itália, mas, também na Holanda. Impressionante foi o forte crescimento na Irlanda desde agosto, após um período de contração. Em outubro e novembro o volume aumentou em 20%. Exceto a Nova Zelândia (+1%), e os Estados Unidos (+0,6%) registraram crescimento. Assim mesmo, nos Estados Unidos o crescimento ficou bem abaixo das taxas médias de logo prazo que é de 1,6%. Argentina, Uruguai e Austrália registraram queda no volume em novembro. A Austrália registrou queda pelo sexto mês consecutivo. A Nova Zelândia foi capaz de manter taxas de crescimento e aumentar a oferta de leite em dezembro. Em dezembro a queda nos preços da manteiga chegou ao fim. Em janeiro o mercado de manteiga recuperou e as cotações melhoraram. O leite em pó desnatado continua aumentando suas cotações graças à boa demanda. O valor atual de € 195/100 kg, [acima de US$ 2.200/tonelada], é bem superior ao preço de intervenção. Em pouco tempo os estoques de intervenção foram completamente vendidos, sem afetar o mercado de preços. E, devido à recuperação do mercado de creme/manteiga de leite e leite em pó desnatado, o preço do leite em pó integral também está subindo. Entretanto, a demanda por leite em pó europeu é restrita, uma vez que a diferença de preços com o mercado mundial continua muito grande.    

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5585
  • Fonte da Notícia: LTO Nederland – Tradução livre: Terra Viva
  • Data: Quarta, 06 Fevereiro 2019
Lido 57 vezes
"plano de saúde"