2201piracanjubag

Quinta, 10 Janeiro 2019 16:40

MGAP analisa a competitividade de toda a cadeia láctea uruguaia

Cadeia láctea/Uruguai – Foi um ano difícil para a Cooperativa Nacional de Produtores de Leite (Conaprole), e mais complexa ainda foi a situação dos produtores de leite, sem perspectivas de melhorar.

Apesar do elevado nível produtivo das fazendas e a boa comercialização dos lácteos no último ano, os números da empresa ficaram no vermelho em seu balanço 2017/18, algo que “nunca havia ocorrido na história”, segundo palavras do próprio presidente da cooperativa, Álvaro Ambrois. Diante das várias reclamações das entidades que representam o setor lácteo, o Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP), convocou uma jornada técnica para a analisar a competitividade de toda a cadeia láctea uruguaia. Será uma intensa revisão sobre a produção, industrialização, mercado, custos e rentabilidade para estudar soluções estruturais. A jornada será realizada no dia 15 de janeiro, com participação do ministro Enzo Benech e incluirá palestras de instituições públicas e privadas que tenham estreitos vínculos com a cadeia láctea como o MGAP, Ministério da Indústria, Energia e Minérios (MIEM), o Ministério da Economia e Finanças (MEF), o Ministério do Trabalho e Seguridade Social (MTSS), o Laboratório Tecnológico do Uruguai (LATU), o Instituto Nacional de Pesquisa Agropecuária (INIA), o Escritório de Planejamento e Orçamento (OPP), o Instituto Nacional do Leite (Inale), a Federação Uruguaia de CREA (Fucrea), a Universidade Tecnológica (UTEC) e a Universidade da República (UdelaR).

No encontro serão compartilhados dados que servirão de ponto de partida para analisar possíveis soluções estruturais para a situação atual. Depois das palestras será aberto um espaço para troca de ideias com todos os participantes.  

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5566
  • Fonte da Notícia: El Observador – Tradução livre: www.terraviva.com.br
  • Data: Quinta, 10 Janeiro 2019
Lido 47 vezes
"plano de saúde"