Logo

Quarta, 09 Janeiro 2019 17:08

Os lácteos contribuem com 17 bilhões para a economia da Nova Zelândia

Escrito por 

Leite/NZ – O setor lácteo é um dos principais garantidores do padrão de vida e bem-estar da Nova Zelândia e desempenha um papel fundamental no desenvolvimento econômico regional, de acordo com o relatório NZEIR divulgado recentemente.

A diretora executiva da Associação das Indústrias de Laticínios da Nova Zelândia (DCANZ), Kimberly Crewther, disse que o trabalho foi encomendado pela DCANZ para responder ao questionamento do Ministério do Comércio Exterior. “Muitas pessoas reconhecem que o setor lácteo da Nova Zelândia é um grande exportador. O que esse relatório mostra é como a receita de NZ$ 17 bilhões é distribuída por toda a economia, tanto como receita quanto como impulsionadora da atividade econômica”, diz Crewther.

O relatório concluiu que:

- Houve crescimento de 70% nas exportações por vaca desde 2001

- O setor lácteo emprega 38.000 pessoas

- A produção de leite tem o maior salário médio entre as agroindústrias

- O processamento de lácteos tem o maior nível salarial médio entre as indústrias de alimentos da Nova Zelândia

- A produção de lácteos é o 5º maior salário médio feminino entre as 138 indústrias da Nova Zelândia

- Menos de 80% da renda do setor lácteo é gerado em áreas rurais

- O setor lácteo está entre os 10 maiores clientes de um terço de todas as indústrias da Nova Zelândia, que representam em seu conjunto, 40% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Crewther ressalta que o setor lácteo impulsiona atividades econômicas e oportunidades de negócios em todas as regiões do país.

Os lácteos são grandes geradores de renda, e são responsáveis por 10% do PIB de Waikato, Southland, West Coast e Taranaki.  

É a segunda maior atividade econômica de Northland e Manawatu, e a terceira em Canterbury e Bay of Plenty. O setor também está altamente ligado à economia Maori, e cerca de 10% dos ativos da indústria são de propriedade dos Maoris.

É importante que as regiões da Nova Zelândia continuem a se desenvolver em torno dos principais centros. As exportações de lácteos oferecem oportunidades nas principais cidades para pessoas de diversas áreas, indo da ciência à engenharia, passando inclusive por administração e gerenciamento”.  

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5565
  • Fonte da Notícia: Dairy News – Tradução livre: www.terraviva.com.br
  • Data: Quarta, 09 Janeiro 2019
Lido 107 vezes
"plano de saúde"