• Pirakids_school.png
  • cIsis.png
  • logoserramar.jpg
  • Logo Scala - Cpia.gif
  • Abiq New.jpg
  • catlogo.gif
  • baldebranco.jpg
  • Zero-Lactose.png
  • Logo Ablv.gif
  • tirolezlogo0311.jpg
  • 1609g100.gif
  • Logo bebamaisleite.png
Terça, 05 Dezembro 2017 13:50

Fonterra reduzirá o preço do leite ao produtor

Preços/NZ – Os produtores de leite neozelandeses terão um presente indesejado às vésperas do Natal. A Fonterra deverá reduzir a projeção sobre o pagamento do preço do leite para a temporada 2017/2018. Isto ocorrerá depois de seguidas quedas nas licitações da GlobalDairyTrade.

A previsão divulgada na imprensa neozelandesa é que o valor atual de NZ$ 6,75/kgMS será revisto para menos. Os economistas dos principais bancos e analistas projetam correção para NZ$ 6,25/kgMS. Se a alteração for de NZ$ 6,75 para NZ$ 6,50/kgMS, deixarão de ingressar na economia, NZ$ 500 milhões. Para um produtor médio – com rebanho de 419 animais, e com produção aproximada de 373 quilos de sólidos por vaca – a queda no faturamento será de aproximadamente NZ$ 39.000. No meado de novembro houve a quarta queda consecutiva no preço médio da licitação GlobalDairyTrade, com os valores do leite em pó caindo ao menor nível desde outubro do ano passado. Os analistas do banco ASB – que projetaram alta no preço do leite – acreditam que a Fonterra reduzirá para NZ$ 6,50/kgMS. O analista da ABS, Nathan Penny, destacou que a produção de leite na Nova Zelândia “se recuperou antes do esperado, depois de meses de muitas chuvas. Prevíamos uma retomada no verão e outono”, explicou.

O mercado “inquieto” com a oferta

Em outubro a captação de leite para todas as indústrias da Nova Zelândia aumentou 2,9% em relação a igual mês do ano passado. Em agosto e setembro a produção havia ficado abaixo do mesmo período de 2016. “Com a melhora superior à esperada na Nova Zelândia, e a produção firme na Europa, ajustamos nosso prognóstico com base em maior oferta mundial”, disse Penny. O analista do banco Australia New Zealand, Philip Borkin, ressaltou que depois da última licitação da Fonterra os contratos de leite em pó integral ficaram abaixo dfe US$ 2.800/tonelada. “É claro que o mercado está inquieto em relação ao aumento da oferta global. A produção europeia está aumentando devido aos melhores pagos aos produtores, junto com as condições climáticas favoráveis”, disse.  

Informações adicionais

  • NUMERO SELECTUS: 5303
  • Fonte da Notícia: El Observador – Tradução livre: Terra Viva
  • Data: Terça, 05 Dezembro 2017
Call me on Skype Subscribe on YouTube

Receba Notícias no Whatsapp