Logo

Call me on Skype Subscribe on YouTube
Domingo, 30 Abril 2017 20:07

Cadeia de Valor: os números de fevereiro de 2017

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Cadeia de Valor – O conceito de “valor por litro equivalente”(VLE) pretende quantificar o que corresponde ao “litro de leite cru” nas diferentes etapas de conversão de um bem final de consumo. A partir da ideia de que o preço que paga um comprador expressa – de algum modo- o “valor” reconhecido do bem que adquire; o conceito de “valor por litro equivalente” (VLE) pretende apresentar o que corresponde ao “llitro de leite cru” nas diferente etapas que o convertem em um bem final de consumo.

As instâncias nas quais se praticam as medições de preços são: na porteira ao produtor, plataforma da indústria, consumidor final sem impostos ao consumo, consumidor final (com impostos ao consumo). Dado que, exceto o que corresponde “porteira ao produtor”, os preços serão correspondentes a unidades de produtos diversos (queijos, leites fluidos, pó, doce, iogurtes, etc) mas em “litros de leite cru, o “VLE” traduz ditos preços em termos dos litros de leite empregados na sua elaboração. A referência “Total Sistema”, que inclui a informação fornecida, refere-se à ponderação empregada para unificar os “VLE” dos diferentes produtos em uma única expressão que os contenha. O mesmo se faz sobre a base do “mix” estimado do destino do total dos litros produzidos e processados. No presente documento será analisada a evolução dos principais indicadores da cadeia de valor que mensalmente é elaborado pelo Instituo Argentino de Prefessores Universitários de Custos (IAPUCO), comparando o valor de fevereiro de 2017 com o valor para igual mês do ano anterior.

  1. A variação se toma como a diferença (resto) entre um valor e outro e não como variação percentual como nos outros casos.
  2. Este valor não representa a margem comercial já que dentro da mesmo se encontram os custos de distribuição e logísticas que normalmente estão a cargo do setor industrial.
  3. Valor de Saída de Fábrica, menos o Custo Total de Produção Industrial sem a Matéria Prima Leite. Representa o preço que poderia pgara a indústria pelo leite ao produtor na porteira, em condições de quilíbrio e com benefício zero por cima do custo de oportunidade ao capital investido.
  4. Total da produção mensal da Argentina, multiplicada pelo valor médio final gerado pela cadeia em ambos mercados (consumo interno e exportação).
  5. Valor Gerado menos Função de Distribuição (comercialização), Valor Aplicaod pela Indústria e Valor Aplicao pelo Setor Primario. Represente o resultado econômico de toda a cadeia de valor.
  6. Variação em termos absolutos, representa a melhora econômica nos resultados.

No gráfico seguinte está o resumo da participação de cada setor no valor final que paga o consumidor local e à exportação, o valor por litro equivalente que gera cada um (todos em relação ao valor do leite cru) e o valor agregado respectivo por cada um.

Lido 3091 vezes Última modificação em Sexta, 21 Dezembro 2018 22:59
"plano de saúde"